A GE Aviation está recolhendo quatro motores GE9X, que equipam o Boeing 777X, para realizar atualizações nessas unidades, resolvendo um problema anterior

Esses motores estavam equipando duas aeronaves 777-9X de testes, e já acumulavam algumas horas de uso.

O transporte desses motores será realizado pela empresa russa Volga-Dnepr Airlines,, com uma aeronave An-124, que vai transferir os motores de Everett, na Boeing, para Ohio, em uma linha da GE.

“Os motores GE9X são os motores de conformidade que serão devolvidos para aprimoramentos de componentes do novo compressor de alta pressão, que a GE revelou no show aéreo de Paris”, disse a GE em nota à FlightGlobal.

Foto – GE Aviation

A GE Aviation declarou durante o Paris Airshow que estava realizando alterações no compressor de alta pressão do motor GE9X, o foco era deixar o componente mais resistente, depois que testes mostraram um desgaste fora do intervalo esperado.

O novo componente será instalado em oito motores, que atualmente estão envolvidos nos programas de testes, incluindo os 4 motores das duas aeronaves 777-9X.

A Boeing atrasou novamente o primeiro voo do 777-9X, para o início de 2020, mas continua com a perspectiva de certificar sua nova aeronave no próximo ano.

An-124, desembarcando uma fuselagem do Sukhoi SSJ100.

O An-124 e o An-225 são os únicos aviões habilitados para transportar o GE9X, que tem uma dimensão de 4 metros de circunferência, por 8 metros de comprimento. Ao todo são 16300 kg por motor.