(Reuters) – Um diretor da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) disse nesta terça-feira que a companhia aérea espanhola Globalia suspendeu um processo para poder operar voos domésticos no país.

Juliano Noman, diretor-presidente do órgão regulador, disse que a Globalia pediu para suspender o processo, mas não o cancelou por completo, em meio à pandemia de coronavírus.

O plano da Globalia era lançar no Brasil uma companhia aérea Low Cost, até então vinculada à Air Europa, que foi recentemente vendida para o Grupo IAG. Desta forma, a Globalia está fora da operação de voos regulares.

O Senado do Brasil aprovou uma lei em 22 de maio de 2019 que abre permanentemente o maior mercado de viagens aéreas da América Latina após anos de debate. Isso permitiu a companhia se interessar pelo mercado brasileiro.

 

DEIXE UMA RESPOSTA