Clique Aqui e receba as principais Notícias da Aviação em tempo real diretamente no seu Whatsapp ou Telegram.

GOL Linhas Aéreas

A grande dúvida do mercado de aviação brasileiro é quando a demanda por viagens começará a retomar novamente. Mas de acordo com a GOL, este período está perto de chegar.

De acordo com uma declaração do presidente da companhia, Paulo Kakinoff, em comunicado aos investidores, a retomada de demanda deve ser sentida a partir de maio ou junho deste ano, com um aumento progressivo dos voos nos meses seguintes.

Kakinoff cita que a progressão da vacinação no país pode ajudar muito na retomada da aviação, mesmo cenário que está acontecendo nos Estados Unidos. A principal parceira da GOL, a American Airlines, espera operar a partir de junho com 90% da sua capacidade de assentos.

Confira o comunicado de Paulo Kakinoff aos investidores abaixo:

“Desde o início da pandemia, nota-se uma alta correlação entre a redução na curva de casos de covid-19 e a recuperação na demanda doméstica por viagens. A GOL testemunhou essas oscilações na demanda durante agosto e setembro do ano passado e rapidamente ajustou sua malha de acordo com o cenário de demanda durante aquele período. Os países europeus e os Estados Unidos também têm um calendário de vacinação mais adiantado em relação ao do Brasil, o que é um indicador de como poderá ser a retomada da demanda por viagens.

Nos Estados Unidos, em apenas dois meses do pico de baixa, o fluxo de passageiros se recuperou para mais de 60% do patamar de 2019. Da mesma maneira, na semana passada, o Brasil atingiu seu pico de casos em sua ‘segunda onda’, o tráfego de passageiros atingiu um mínimo de cerca de 35% em relação a igual período em 2019. Dessa forma, a companhia espera que à medida que a curva diária de novos casos da covid-19 comece a se inverter e com uma recuperação do PIB brasileiro, haverá aceleração nas buscas de passagens aéreas e no patamar de vendas da GOL.”