GOL
Foto - Divulgação

A GOL Linhas Aéreas divulgou há pouco uma projeção atualizada de como espera finalizar o 1º trimestre de 2021 (1T21).

A capacidade planejada para o 1T21 representa redução de 7% sobre 4T20. Em
janeiro/21, a GOL operou aproximadamente 493 voos diários (59% do mesmo período de 2020).

Em fevereiro/21, a GOL operou cerca de 355 voos/dia colocando a operação da GOL em cerca de 48% do realizado em fevereiro de 2020. E em março/21, a companhia implementou uma redução ainda maior e opera cerca de 250 voos/dia, o que significa cerca de 40% do realizado em março/20.

No mês corrente (março), a companhia está adaptando sua frota e operará 59 aeronaves em sua malha para controlar a capacidade e os custos no período de menor demanda.

No 1T21, a GOL estima operar uma frota média de 74 aeronaves, que representará 67% da frota média operada no mesmo trimestre de 2019.

Espera-se que a receita do trimestre a findar-se em 31 de março de 2021 reduza aproximadamente 10% comparada com o trimestre findo em dezembro de 2020.

No 4º trimestre de 2020 a GOL teve uma receita de R$ 1,9 bilhão, uma redução de 50% na comparação com o mesmo período de 2019.

A companhia espera encerrar o 1T21 com R$1,9 bilhão em liquidez e R$14,3 bilhões em dívida líquida ajustada. Diversas importantes iniciativas são relevantes para assegurar que a Companhia mantenha a liquidez nos patamares esperados no final do 1T21.