A esquerda: Comandante Gabriela Duarte e copiloto Danielle Chiazza.

Na semana que homenageia o dia Internacional da Mulher, a GOL Linhas Aéreas realiza 14 voos com tripulação 100% feminina – da cadeira de comando ao atendimento a bordo – com o objetivo de promover uma reflexão sobre a representatividade das mulheres e equidade de gêneros na aviação.

Os voos começaram no dia 5 e irão até este domingo, 11 de março. As cidades de São Paulo, Salvador, Rio de Janeiro, Maringá, Vitória, Ilhéus, Juazeiro do Norte e Caxias do Sul foram escolhidas para receber estas operações.

Tripulação feminina: comissárias, comandante e copiloto durante o voo da GOL.

“Acredito que o caminho está aberto para que as mulheres mostrem todo seu potencial na aviação brasileira. Hoje em dia, não há mais espaço para discursos que nos restrinjam a papéis inferiores. Aqui na GOL, mais que gênero, somos diversidade de pensamentos e capacidades e podemos atuar em todas as posições de uma companhia área”, afirma a comandante Gabriela Duarte, que esteve hoje a bordo do voo especial da companhia.

O mais recente levantamento realizado pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) aponta um crescimento de 106% no número de licenças em atividade de mulheres emitidas pela ANAC. Na GOL, existem 30 mulheres atuando como pilotos dos Boeing 737, ocupando as funções de copilotos e comandantes.