Paraquedistas do Exército Americano embarcando em um C-17 Globemaster III. Foto: Jonathan Drake - Reuters.

(Reuters) – Annegret Kramp-Karrenbauer, Ministra da Defesa alemã, aprovou a decisão do Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, de manter tropas americanas no país. Kramp-Karrenbauer disse que defender a segurança europeia e atlântica é um esforço conjunto e uma obrigação mútua.

“Compreendemos claramente esta confirmação do compromisso da América com a segurança europeia, com uma OTAN forte e um Ocidente estrategicamente unificado”, disse ela à Reuters, em resposta ao discurso de Biden na virtual Conferência de Segurança de Munique na sexta-feira.

“Este sinal será notado e bem compreendido”, disse Kramp-Karrenbauer. “Cabe agora a nós pegar a mão que Washington estendeu”.

“Precisamos de responder mostrando o nosso próprio empenho nesta causa – nas nossas despesas de defesa, nos nossos destacamentos militares conjuntos no exterior, no reforço da OTAN e nas capacidades das nossas forças armadas”, acrescentou a Ministra. 

Em sua administração, o ex-presidente Donald Trump anunciou a transferência de 12 mil  soldados americanos na Alemanha para a Itália e Bélgica, além do retorno de parte da tropa para os EUA.