Governo da Argentina comprará Boeing 737-700 para a Força Aérea

Boeing 737-700 da Aerolineas Argentinas-Foto:v LA NACION - Crédito: Rodrigo Néspolo

A Argentina irá adquirir um Boeing 737-700 para ser usado na Força Aérea. O governo do país sul-americano pretende usar a aeronave nas missões de transporte de suprimentos para serem usados contra a Covid-19. O valor da nova aeronave deverá ser de US $ 10 milhões.

A empresa estatal Aerolineas Argentinas usou alguma de suas aeronaves em voos até a China para trazer mais suprimentos ao país. A relação entre a empresa e o governo como um todo não está nos seus melhores momentos, e isso foi um fator para que o governo argentino buscasse uma nova aeronave.

A Força Aérea da Argentina possui atualmente, 5 C-130 Hércules, 2 Saab para 30 passageiros, 1 Fokker 28, 45 anos, e 6 Twin Otter. De acordo com o site especializado Aviacionline.com, a compra do Boeing 737-700 já teria sido decidida.

C-130 Hércules da FAA- Foto: LA NACION – Fabián Marelli

“Que é necessário aumentar o orçamento do Estado-Maior da Força Aérea, uma agência descentralizada que atua no âmbito do Ministério da Defesa, para a aquisição de uma aeronave B-737 para transporte estratégico de pessoal e carga, necessária para emergências de transporte que derivam da atual situação de saúde”.

A compra que pode ser benéfica ao país em questão de logística e demais questões após a Pandemia. Contudo, a decisão está sendo motivo de críticas por alguns, visto que em relação a atual fase da Pandêmica um gasto para compra de um novo avião não seria o ideal.

Fonte de apoio: Lá Nacion

 

DEIXE UMA RESPOSTA