Caças MIG-21 da Croácia- Foto: S. Brigljević / Forças Armadas da República da Croácia

A Croácia decidiu adiar o processo de compra de novos caças devido à Pandemia de Coronavírus. O país pretende substituir seus antigos MIG-21 por vetores mais modernos.

A informação veio através do primeiro-ministro, Andrej Plenković, durante uma coletiva de imprensa, na data de ontem quinta-quinta feira (02/04), para o Andrej: “No momento, essa é a única decisão lógica e correta”.

“Notificaremos por escrito todos os países participantes no processo de envio de ofertas sobre a respectiva alteração de datas”, concluiu Andrej Plenković.

Caças Mig-21bis/UMD da Força Aérea da Cróacia- Foto: Autor Desconhecido

Em relação aos países participantes e seus caças, temos propostas dos EUA com o F-16, a Suécia com o Gripen. Há ainda um pedido por parte da Croácia para caças usados Rafale, da França, Eurofighter Typhoon, da Itália e caças F-16 usados da Noruega, Grécia e Israel.

Porém já houve uma reviravolta em relação aos caças, isso porque em janeiro de 2019, o governo cancelou o pedido de US $ 500 milhões para 12 caças F-16 Brack de Israel.

Para que fosse possível a venda de caças israelenses à Croácia era necessária a aprovação dos EUA. Mas segundo a emissora de TV israelense Channel 10, o presidente Trump havia negado a venda pois não aprovou a atitude de Israel em ter adicionado sistemas eletrônicos avançados aos F-16.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA