Governo de São Paulo traça planos para fazer concessão de 22 aeroportos

Foto - Daesp

Na última terça-feira (12/05) o Governo de São Paulo apresentou um projeto para concessionar até 22 aeroportos do estado ainda em 2020.

Atualmente esses aeroportos são administrados pelo Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo (Daesp), e transportam 2,4 milhão de passageiros por ano em média.

“O governador João Doria tem tomado as medidas necessárias para que a gente possa superar esse momento”, disse o secretário de Estado de Logística e Transporte, João Octaviano Machado Neto. “Crise da pandemia não pode nos paralisar. A retomada da atividade econômica do País passa por são Paulo e passa por esse momento”, disse, na abertura da audiência.

De acordo com o governo de São Paulo, a previsão é fazer o leilão em dezembro deste ano, e entregar para as concessionárias participantes um projeto capaz de movimentar 4,2 milhões de passageiros em 2050. O investimento total em 30 anos deve ser de R$ 233,4 milhões.

O leilão dos 22 aeroportos será realizado em dois lotes, sudeste e nordeste, sempre priorizando a combinação de aeroporto de aviação comerciais e aqueles somente de aviação executiva.

São nove aeroportos envolvidos de aviação comerciais, que recebem passageiros em voos regulares, e 13 destinados à modalidade executiva. O Aeroporto de Ribeirão Preto é o de maior atratividade do leilão.

 

DEIXE UMA RESPOSTA