Foto - Infraero

O Governo Federal, através do Ministério da Infraestrutura, divulgou o planejamento governamental de 2020 para as obras que alteram até mesmo a vida dos passageiros, que utilizam as centenas de aeroportos disponíveis no país.

Estão previstos 44 leilões nos quatro modais de transporte: rodoviário, ferroviário, aquaviário e aéreo. Além disso, a previsão é que mais de 50 obras públicas sejam entregues, o equivalente a cerca de uma obra por semana.

A expectativa, somente com os leilões do próximo ano, é alcançar a meta de R$ 101 bilhões em investimentos, contabilizando também os aeroportos.

O setor aéreo também tem uma carteira robusta de projetos a serem leiloados em 2020. No total, 22 aeroportos serão concedidos, durante a 6ª rodada, incluindo os terminais de capitais como Curitiba/PR, Manaus/AM e Goiânia/GO. Para esse leilão, a previsão é de R$ 5 bilhões em investimentos.

No setor aéreo, o governo espera, entre outras obras, ampliar o aeroporto de Fortaleza/CE e realizar melhorias nos terminais de Foz do Iguaçu/PR e de Navegantes/SC. 

A lista abaixo apontam os aeroportos que serão leiloados em dezembro do próximo ano, seguindo o modelo de blocos, onde os aeroportos regionais são beneficiados no mesmo pacote de aeroportos principais.

 

A lista abaixo aponta as obras públicas em aeroportos Regionais, nas capitais e concessionados:


DEIXE UMA RESPOSTA