O Governo Federal, por meio da Infraero, entregou, nesta segunda-feira, 09/08, as obras de reforma e ampliação do Terminal de Passageiros, melhorias nas pistas de taxiamento e pátio de aeronaves, e acesso viário do Aeroporto Internacional de Campo Grande.

Com a conclusão dos serviços de ampliação, ocorrido em junho último, já foram transferidas as operações para a nova área do terminal de passageiros, possibilitando o prosseguimento dos trabalhos de reforma do antigo terminal.

Para a ampliação e reforma do Terminal de Passageiros, foram investidos R$ 39,9 milhões, com recursos oriundos do Fundo Nacional de Aviação Civil (Fnac). 

“Desde 2019, o Governo Federal já investiu mais de R$ 1,4 bilhão na aviação regional com recursos públicos do Fnac. Só no primeiro semestre deste ano, foram R$ 130 milhões”, pontua o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas.  

“Investimentos que se traduzem em serviços de melhor qualidade, mais conforto e segurança no setor aéreo, pois viabilizam compra de equipamentos, revitalização de espaços existentes, ampliações e novas estruturas, por meio de obras como essas em Campo Grande, que tem enorme relevância econômica no Centro-Oeste e turística, como porta de entrada para o Pantanal”, completa. 

As melhorias no Aeroporto de Campo Grande quase duplicaram a capacidade do terminal de passageiros. O tamanho da área total construída é mais que o dobro da atual. As salas de embarque, doméstico e internacional, são quase duas vezes maior e o saguão praticamente dobrou de tamanho.   

O canal de inspeção de segurança duplicou de tamanho e hoje possui 4 aparelhos de raio-x. O Aeroporto também conta com nova área para check-in e novos sanitários. A climatização foi modernizada e integra o projeto de sustentabilidade do Aeroporto. A água do sistema de refrigeração é reaproveitada bem como a água da chuva.  

 

MELHORIAS NA PISTA

Também foram realizadas obras de regularização da faixa preparada da pista de pouso e decolagem e implantação de área de segurança (área de escape) a fim de reduzir os riscos de danos à aeronave no caso de uma ultrapassagem dos limites da pista.

Além disso, foram realizadas a reforma e a adequação das pistas de taxiamento e dos pátios de aeronaves, além de ter sido recuperado todo sistema de drenagem da pista.  

Segundo o presidente da Infraero, Brigadeiro Paes de Barros, as obras garantem o aumento dos níveis de segurança e conforto, e aprimoram o serviço oferecido aos usuários e passageiros que chegam à capital sul-matogrossense.

“O trabalho da Infraero teve o objetivo de modernizar as instalações do aeroporto. Além disso, o serviço entregue também contribui com o desenvolvimento econômico da região”, afirmou. 

Com o fim dos trabalhos, a expectativa é de que sejam gerados mais de 2 mil empregos diretos e indiretos. Polo econômico e social do Estado, e principal porta para o Pantanal, Campo Grande também tem grande vocação para negócios, e é uma escala estratégica em relação aos países integrantes do Mercosul, assim como de grandes centros consumidores do Brasil.  

 

Abaixo os principais benefícios promovidos pela Infraero no Aeroporto de Campo Grande:  

BENEFÍCIOS 

ATUAL 

REFORMA + AMPLIAÇÃO 

% ACRÉSCIMO 

Área construída (m²) 

7.215 

14.852 

105,8% 

Salas de embarque (dom. + int.) –  m²  

512,5 

1.428 

178% 

Canal de inspeção (unid.) 

100% 

Saguão (m²) 

1.419,1 

2.717,3 

91,5% 

Áreas comerciais (m²) 

15 

28 

86,7% 

Capacidade (milhões de passageiros/ano) 

2,5 

4,5 

80% 

Check-in/ Check-out (m²) 

576,8 

933,2 

61% 

Salas de desembarque (dom. + int.) – m² 

997 

1.059,4 

6,3% 

Nova administração (m²) 

 

621,9 

 

DEIXE UMA RESPOSTA