Caça Gripen E (F-39) ao fundo. Na frente as autoridades da SAAB Suécia e do Brasil (notar o Ministro da Defesa Fernando Azevedo e o Comandante Ten.Brig Bermudez- Foto: Twitter da SAAB

Nesta terça-feira dia 10/09 aconteceu em Linköping, na Suécia a cerimônia de apresentação do Gripen E/NG brasileiro.

O caça de número 4100, fez seu primeiro voo no último dia 27 de agosto, e hoje oficialmente apresentado hoje para autoridades, autoridades essas que incluíram o Ministro da Defesa do Brasil, Fernando Azevedo e o Comandante da FAB, Tenente-Brigadeiro do Ar Bermudez.

O ministro Fernando, disse que “Não estamos simplesmente adquirindo um produto, estamos adaptando as necessidades da nossa Força Aérea para atender a diretriz da Estratégia Nacional que dispõe sobre a nossa soberania e defesa”. A partir de agora o Gripen E (ou F-39), testado várias vezes. Os ensaios de voo irão cerificar a aeronave e chegar todos os instrumentos e armas da aeronave.

O Comandante da FAB, Tenente-Brigadeiro Bermudez recebeu o Certificado de Permissão Especial de Voo, que garante o início dos ensaios de voo do caça brasileiro.

O Ten. Brigadeiro falou disse que o Gripen é um “caça inteligente, com tecnologia no estado da arte (…) que proporcionará um novo impulso ao desenvolvimento de nosso complexo científico-tecnológico, o que considero uma das maiores riquezas trazidas por esse projeto”. O Comandante da FAB completou sua fala dizendo que “Desde o início, os resultados nos têm mostrado que tomamos a decisão correta”.

Para marcar ainda mais a cerimônia de demonstração, o Gripen F-39 fez um voo de demonstração aos convidados presente, inclusive a autoridades brasileiras.

Ao todo a FAB adquiriu 36 unidades do caça, que irão ficar sediadas na ALA 2, em Anápolis-GO. O primeiro caça deverá ser entregue para cumprir sua missão sob coordenação da FAB em 2021.

Ainda em 2021 começa a construção de algumas unidades do Gripen E/F no Brasil, estes ficaram prontos em 2024 e começam a ser entregues no mesmo ano.

Gripen E da FAB faz primeiro voo na Suécia.   Foto: SAAB

A ALA 2 recebeu na semana passada a primeira aeronave KC-390, este e demais unidades do KC-390 também ficarão sediadas em Anápolis-GO, na ALA 2.

Ao todo a FAB terá 28 exemplares do KC-390, que tem como uma de suas missões, transporte aéreo-logístico, reabastecimento em voo (REVO), evacuação aero médica, busca e salvamento, ajuda humanitária e combate a incêndio.

KC-390 FAB 2853 do 1º GTT, em exposição estática na ALA -2

Com o KC-390 e o Gripen F-39 a ALA 2 será a base de maior importância estratégica da FAB. O local que foi construído nos anos 70 tem uma importância grande ao país, pois fica equidistante de todas as regiões do Brasil.

Outra aeronave que completa essa união de estratégia é o E-99M, o avião-radar da FAB que está sendo modernizado para alcançar padrões atuais que irão facilitar a comunicação com aeronaves como o Gripen e o KC-390.