• Instagram
  • Feed
  • Telegram
  • Youtube

Gripen F-39E realiza Avaliação Operacional no 1°GDA

Caça Saab F-39 Gripen E da Força Aérea Brasileira, FAB.
Caça Saab F-39 Gripen E da Força Aérea Brasileira.

Foi realizado entre os dias 04 a 08 de Dezembro, pelo Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DTCA) , a primeira fase de Avaliação Operacional contratual do Gripen F-39E, conhecido como (AVOP) . A Operação foi executada por militares do Comando de Preparo (COMPREP), da Diretoria de Material Aeronáutico e Bélico (DIRMAB), do Parque de Material Aeronáutico de São Paulo (PAMA-SP) e do Laboratório de Logística do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (AeroLogLab-ITA), tendo ainda a participação do Primeiro Grupo de Defesa Aérea (1º GDA), do Grupo Logístico (GLOG-AN) e do Instituto de Fomento e Coordenação Industrial (IFI).

A avaliação (AVOP) envolve da necessidade de verificar a efetividade e adequações para determinadas missões do qual a aeronave está destinada, quando em características de missão no ambiente brasileiro, no início do ciclo de vida, em conformidade com a DCA 400-6 – Ciclo de Vida de Sistemas e Material da Aeronáutica. Para o Gripen, o Contrato nº 003/DCTA-COPAC/2014 prevê uma AVOP após o recebimento das primeiras aeronaves de série em cada nova configuração. Portanto, cada vez que esse projeto receber atualizações que incrementem as suas missões, será necessário realizar uma AVOP.

Segundo disse a Tenente-Coronel de Engenharia Thais Franchi Cruz, as verificações distintas de três atividades em um aspecto inédito validaram a operação, sendo elas operacionais, de logística e técnica do Gripen F-39E , notável nessa primeira fase que promove integração e toda sinergia entre as equipes envolvidas, tanto operacionais e logísticas, essencial quando uma nova Aeronave é empregada dentro de uma Força Aérea.

Leia também: 

 

Quer receber nossas notícias em primeira mão? Clique Aqui e faça parte do nosso Grupo no Whatsapp ou Telegram.