Recentemente o Grupo IAG apresentou uma intenção de compra da Air Europa, através de uma reunião com o CEO da Globalia, grupo que administra a companhia europeia.

O acordo não foi fechado nesse reunião, repetindo o que aconteceu em 2014, mas dessa vez o fator determinante não foi o preço da compra, mas sim a diferença filosófica entre os modos de operação das companhias aéreas envolvidas.

Dessa forma pelo menos por enquanto o Grupo IAG deverá seguir com a Air Europa sendo concorrente.

Apesar de ter um braço Low Cost, através da Vueling, o Grupo IAG está buscando diminuir a sua desvantagem em vista da concorrência presente no continente europeu, há ações para simplificar o serviço da British e Iberia, e assim conseguir que essas tradicionais acompanhem a evolução do mercado europeu de aviação.

Para reforçar ainda mais sua participação no mercado Low Cost, recentemente o Grupo IAG comprou 4,61% das ações do Grupo Norwegian, que incorpora várias companhias aéreas com o mesmo nome. O CEO do Grupo IAG declarou que isso pode evoluir futuramente para uma compra total da Norwegian.