Grupo LATAM finalizou julho com prejuízo líquido de US$ 237,1 milhões

Foto - Divulgação

O Grupo LATAM Airlines divulgou nesta segunda-feira (31/08) que sofreu um prejuízo operacional de US$ 147,9 milhões ao longo de todo o último mês de julho.

A receita da companhia aérea no mês foi de US$ 215,3 milhões, sendo que US$ 50,3 milhões foi a quantia proveniente dos voos com passageiros, US$ 92,7 milhões do transporte de carga em seus voos de passageiros ou exclusivamente cargueiros, e US$ 72,3 milhões de outras operações da empresa.

O prejuízo operacional ocorreu pois a companhia teve uma despesa operacional de US$ 363,3 milhões. Quando contabilizamos impostos e juros, o prejuízo total (e líquido) foi de US$ 237,1 milhões.

Com esse resultado é possível perceber como o Grupo LATAM ainda está longe de ser lucrativo, e também como a pandemia e a baixa demanda afeta as operações da empresa. Apesar disso, o resultado apresenta uma queda de 20% no prejuízo em relação aos meses anteriores, quando a pandemia exigiu um lockdown mais restritivo.

A LATAM reportou que havia terminado o mês de junho com cerca de US$ 1,4 bilhão em caixa, para sustentar as operações.

Em julho a taxa de ocupação média dos voos foi de 66% no Brasil e 60% nas outras unidades. Já a demanda registrava queda de 85% no Brasil e 93% nas outras unidades, em relação ao mesmo período de 2019.

A divulgação mensal do seu resultado financeiro ocorreu devido a uma exigência para empresas que estão regidas pelo Chapter 11, como o Grupo LATAM. Normalmente as empresas listadas em bolsa de valores divulgam seus resultados trimestralmente.


 

DEIXE UMA RESPOSTA