Dois meses depois de receber a certificação do G500, o mais novo jato executivo da sua linha, e quatro anos após lançar o modelo, a Gulfstream realizou a primeira entrega desta aeronave, para um cliente não revelado.

Para a empresa este é um marco, que inaugura uma nova família de aeronaves, com maior desempenho, economia e conforto interno.

De acordo com a Gulfstream, foram mais de 5000 horas de testes em voo, com cinco protótipos do G500. A finalidade da empresa de acumular tantas horas assim foi ampliar a confiabilidade do seu novo jato, que pelas características de uso dessa aeronave, não pode contar com feedback dos clientes.

O G500 vem para substituir o G450, que deriva de uma aeronave da década de 80. Com um projeto totalmente novo, ele conseguirá voar por até 9630 km sem escalas, em regime de velocidade máxima de cruzeiro (Mach 0.90), enquanto em econômico (Mach 0.85) o alcance aumenta para cerca de 9950 km.

A nova variante (G500) é cerca de 60 km/h mais rápida e mesmo assim 18% mais econômica em comparação com o G450.

O G500 conseguirá voar por até 9630 km sem escalas, em regime de velocidade máxima de cruzeiro, enquanto em econômico (Mach 0.85) o alcance aumenta para cerca de 9950 km. Esse avião realizou até mesmo um voo de testes de Londres para Las Vegas, que durou 10h19 no total, puramente para verificar o alcance da aeronave e provar que ela é capaz de ligar qualquer parte dos EUA com a Europa.

Esse pequeno jato executivo vale “suaves” US$ 44,5 milhões a unidade.