Boeing 777X Aeronaves

Um dia para se lembrar por muito tempo, a história de um dos mais revolucionários aviões da Boeing começou a ser escrita no dia de 25 de janeiro de 2020. O gigante Boeing 777X levantava voo pela primeira vez com seu par de motores GE9X, feitos especialmente para o modelo.

Ainda diante de um cenário de incertezas para a Boeing, que atravessava a crise do 737 MAX, o 777X levantava o voo de esperança da fabricante americana por dias melhores. Este primeiro voo demorou a acontecer devido a condições adversas de tempo nos EUA, o voo tinha previsão inicial de 23 de janeiro.

Finalmente no dia 25 de janeiro de 2020, uma obra prima da engenharia da Boeing rumava os céus mesmo que ainda nublado e com bastante vento. O N779XW realizou o primeiro voo com duração de 03 horas e 51 minutos. 

Daquele dia em diante, o 777X realizou mais de 500 voos de teste e outros três protótipos foram construídos. Todos esses são da versão maior da nova família de 777, todos são -9X. 

Com o projeto atrasado, o primeiro 777X iniciava seus voos apenas em 2020, em março de 2019 era a previsão inicial. Mas devido a problemas nos motores GE9X fizeram com que o primeiro voo demorasse a ganhar os céus. Além desse problema, o 777X enfrenta agora a maior crise da história da aviação.

Causada pela crise global de saúde que se alastrou pelo mundo e fez retroceder todos os grandes números e níveis alcançados em 2019. O Boeing 777X tem diversas encomendas, tendo seu cliente lançador a gigante Emirates. Que recentemente confirmou que não espera receber seu primeiro exemplar antes de 2023.

Justamente nesse ano citado, é que especialistas afirmam que o setor aéreo vai retomar seus níveis parecidos com 2019. Talvez seja esse o maior design da Boeing desde o 747, que por sinal está sumindo a cada dia mais, dando lugar a aviões com menos motores e melhor custo operacional como o Boeing 777.

É capaz das exigências de certificação do novo avião serem ainda mais brandas, pois o 737 MAX trouxe muitos ensinamentos. Ainda não se sabe quando o 777X poderá ser certificado, a Boeing trabalha intensamente para deixar o avião totalmente apto a realizar os testes de certificação e obter o certificado.

O Boeing 777X tem tudo para ser o carro-chefe da gigante americana, a Boeing espera retomar com ele seus anos de prestigio e credibilidade. Entretanto se for pelo design já conseguiu, ainda mais se tratando de uma tecnologia nova que deixa os fãs da aviação admirados. Resta saber se a beleza do novo 777X será tão boa quanto sua operação e sua segurança.