NASA Helicóptero Ingenuity Marte
Foto: Ilustração por NASA/JPL

Sendo uma das principais ferramentas de exploração visual no planeta vermelho, o Helicóptero Ingenuity da NASA acaba de completar o seu vigésimo voo.

O helicóptero que mais se assemelha como uma espécie drone utiliza a luz solar para se movimentar, sendo um grande aliado para que a aeronave ainda esteja em uso.

Curiosamente, o Ingenuity foi projetado para explorar Marte em apenas 5 voos, porém, a aeronave quadruplicou essa possibilidade, se tornando um enorme ganho científico para novas descobertas no planeta, principalmente envolvendo objetos eletrônicos.

Agora, a aeronave realiza voos em média com 130 segundos, podendo percorrer mais de 300 metros a uma velocidade máxima de 15 km/h. O controle do helicóptero é realizado a partir do Laboratório de Propulsão a Jato (JPL) da NASA no sul da Califórnia, local responsável por gerenciar as missões Ingenuity e Perseverance.

NASA
Foto: NASA/JPL

A primeira aeronave a voar em Marte tem propulsão totalmente elétrica, alimentada por algumas baterias e um painel solar de pequenas dimensões. O Ingenuity tem 49 centímetros de altura e 1,8 kg de peso total.

Não há instrumentos de pesquisa nesse helicóptero, porém, a NASA aproveitou o pequeno veículo para testar a possibilidade de usar componentes mais simples em missões importantes, como peças de smartphones.

Com informações: NASA