Boeing helicóptero
Foto: Lockheed Martin Sikorsky-Boeing/Divulgação

A Boeing anunciou na última sexta-feira (1) o primeiro voo de longa distância SB-1 Defiant após três anos de testes e avaliações de sua capacidade operacional e de missão. 

O SB-1 realizou um voo com uma distância de 1.297 km de entre o aeroporto de West Palm Beach (Flórida) até Nashville.  Com isso, os aviadores do Exército dos Estados Unidos (U.S Army) estão realizando avaliações adicionais com o objetivo de escolher um novo helicóptero para a modernização de frota para ampliar a sua capacidade, produção e sustentação do programa, visando custos e ciclos de vida menos onerosos. 

Resultado de um trabalho conjunto da Boeing, Lockheed Martin-Sikorsky, o SB-1 Defiant é a aposta para a competição FLRAA do Exército dos EUA. Nela, o SB-1 disputa contra o Bell V-280 Valor que já terminou seus testes em junho de 2021.

Além disso, o SB-1 incorpora a tecnologia Sikorsky X2™ para operar em altas velocidades, mantendo as qualidades de manuseio em baixa velocidade. Essa capacidade crítica fornece aos pilotos uma maior capacidade de manobra e de sobrevivência em ambientes de alta ameaça, permitindo que eles penetrem nas defesas inimigas enquanto reduzem a exposição ao fogo inimigo.

Para atingir altas velocidades, o SB-1 possui um propulsor traseiro que gera o empuxo para frente. A sustentação é gerada pelos rotores principais coaxiais. Nos últimos testes, o helicóptero atingiu 236 nós (437 km/h) em voo nivelado e desacelerou rapidamente para aterrar em uma zona de pouso despreparada em uma área confinada.