Black Hawk acidente utah
Dois helicópteros UH-60 Black Hawk caíram em uma estação de esqui em Utah. Ninguém se feriu. Foto via redes sociais.

Dois helicópteros UH-60 Black Hawk da Guarda Nacional de Utah (UTNG) se acidentaram simultaneamente ao tentarem pousar em uma estação esqui na terça-feira (22). Ninguém se feriu, mas as duas aeronaves ficaram danificadas. 

O acidente ocorreu em uma área chamada Mineral Basin, perto da estação de esqui Snowbird, em Utah. As aeronaves estavam se aproximando em ala para uma zona de pouso (LZ) autorizada. Imagens do sinistro circulam pelas redes sociais, mostrando a aproximação dos helicópteros e o subsequente acidente. 

https://www.instagram.com/p/CaSspdEJOcs/

 

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Jerryslams🎿 (@jerryslams)

O acidente foi confirmado pela Guarda Nacional cerca de três horas depois da queda dos helicópteros. “Nenhum tripulante ficou ferido no acidente. Ambos os UH-60 foram danificados. O incidente está sob investigação”, disse a UTNG em comunicado pelo Twitter. 

Em entrevista coletiva, Jared Jones, oficial de relações públicas da aviação da Guarda Nacional de Utah, disse que “a aviação é um negócio inerentemente perigoso” e “foi uma bênção que todos estivessem bem”. Jones disse que não sabe quantos tripulantes estavam a bordo de cada helicóptero, mas que uma tripulação padrão é composta por três ou quatro pessoas.

O oficial explicou que, durante o pouso, o piloto do primeiro helicóptero “provavelmente perdeu o solo de vista”. A aeronave colidiu contra a montanha e uma das pás do rotor principal se partiu e atingiu o segundo quando começou a pousar. O segundo Black Hawk ainda conseguiu pousar com sucesso, apesar dos danos. 

Jones disse que não se sabe exatamente como a lâmina do rotor quebrou durante o pouso e que a investigação provavelmente será capaz de determinar a causa.

Perguntado sobre o que as aeronaves estavam fazendo antes do incidente, Jones enfatizou que eles estavam em uma LZ aprovada, e disse que estavam realizando treinamento de rotina. “A Guarda Nacional de Utah faz muitos treinamentos nas montanhas tanto no verão quanto no inverno. É uma prática normal para nós. Esta é uma LZ em que já estivemos muitas vezes, é uma zona de pouso aprovada, se você preferir, e eles estavam realizando treinamento de montanha de inverno no momento do incidente.”

Imagens capturadas depois que a neve se dissipou mostram que um dos helicópteros ficou caído de lado, enquanto o outro pousou normalmente. Pedaços de pás de rotor quebradas ficaram espalhadas pela neve ao redor dos Black Hawk. 

Se o piloto realmente perdeu a visão do solo, como Jones afirmou na entrevista, isso pode ter ocorrido por uma situação conhecida como ambiente visual degradado.

Durante a aproximação, o vento gerado pelos rotores dos helicópteros (downwash) criou uma enorme nuvem de neve, gerando o chamado “White Out”. Nas operações em terrenos arenosos, por exemplo, o fenômeno é chamado de “Brown Out, sendo uma das causas mais comuns de acidentes de helicóptero. 

Jones acrescentou que os helicópteros estavam longe o suficiente dos esquiadores em Snowbird para não representar qualquer ameaça durante o acidente ou após. “Até onde sabemos, nenhum combustível vazou”, disse. “As aeronaves estão contidas. Temos pessoal no local com as aeronaves. A equipe conseguiu, por conta própria, felizmente, pegar basicamente o bonde de volta e ser examinada aqui pelo pessoal médico do Snowbird.”