Hercules da Força Aérea do Chile cai com 38 pessoas a bordo

No início da noite desta segunda-feira (09/12) um C-130 Hercules da Força Aérea do Chile desapareceu dos radares, enquanto cumpria um voo para a Antártica, onde o país tem uma base.

A aeronave, do Grupo de Aviação Nº 10, decolou às 16h55 de Punta Arenas, e às 18h13 deixou de estabelecer contato com o controle de tráfego aéreo dos militares chilenos.

A bordo do C-130 estavam 38 pessoas, sendo pelo menos 21 passageiros e não militares, que estavam se deslocando para a Antártica.

A aeronave cumpre os objetivos do projeto logístico, transporte para o aeroporto, pessoal para a revisão do óleo essencial de combustível de combustível da Base e para realizar tratamento anticorrosivo das instalações nacionais na região.

A Força Aérea do Chile confirmou em nota o desaparecimento, e disse que já enviou uma equipe de resgate ao último local onde a aeronave emitiu uma posição.

Comunicado emitido perto das 21h30 (horário de Brasília):

DEIXE UMA RESPOSTA