A Hi Fly já tem um plano para aposentar os seus quadrimotores Airbus A340, assim como diversas companhias estão realizando neste momento, porém, a empresa especializada em wet-leasing não tem aeronaves encomendadas para substituir o A340 na sua frota.

Mas de acordo com uma entrevista recente do CEO da Hi Fly, Dr. Paulo Mirpuri, ao site Simple Flying, a companhia está estudando uma encomenda para o Airbus A350, que substituirá diretamente as aeronaves A340.

“Com certeza o A350 está sob séria consideração”, disse Paulo Mirpuri.

“É uma aeronave fantástica. É uma demanda muito forte, mas precisamos equilibrar a simplicidade da frota com os aspectos positivos e negativos. Para uma empresa como a Hi Fly, tentamos cobrir as necessidades do mercado, mas não diversificar demais.”

“Precisamos manter os custos unitários o mais baixo possível para nossos clientes. Então, se você me perguntar, eu gostaria de ter o A350 na minha frota, se sentir que há um mercado? Com certeza.”

No momento, a companhia aérea tem mais nove aviões A330neo prontos para integrar sua frota, eles entram substituindo em parte o A340, inicialmente, e após isso vão substituir os A330 de geração antiga.

O Airbus A350 também pode substituir, em capacidade, o Airbus A380 da companhia, e abrir as suas operações para mais mercados, visto que o A380 encontra limitação para operar em alguns aeroportos, de acordo com a própria companhia.


A companhia não costuma fazer retrofit do interior dos aviões que opera na frota, e que são provenientes de outras companhias aéreas, porém, para os novos aviões a Hi Fly trabalha buscando uma configuração de alta densidade.

O primeiro A330neo da companhia é equipado com 371 assentos, e Paulo declara que o A350XWB seria uma opção com oferta de assentos superior ao A330neo.

No entendimento da Aeroflap, a Hi Fly opta por essa configuração para atender ao maior número de clientes possível no regime de wet-leasing, visto que a quantidade de assentos  em diversas companhias na configuração (e densidade) de assentos na Classe Econômica é variável.

Nenhuma companhia opera com o A330neo configurado com 371 assentos, exceto as Low Costs do sudeste asiático, e uma configuração desse tipo permite que a Hi Fly sempre tenha uma aeronave com excedente de oferta, atendendo aos clientes além da capacidade requerida para a operação temporária.

 

DEIXE UMA RESPOSTA