(Reuters) – Um homem pulou uma cerca no aeroporto da cidade norte-americana de Atlanta, subiu na asa de um avião estacionado e bateu nas janelas da aeronave antes de ser preso, na terça-feira, informou a polícia.

Vídeos publicados na internet por passageiros do avião mostravam um homem descalço e apenas de cueca aparentemente falando com si mesmo e andando perto do aeronave.

Em um dos vídeos, o piloto dizia aos passageiros que o homem havia deixado o avião e estava tentando embarcar novamente. Depois, o piloto disse que o homem na verdade não era um passageiro.

“Ele se aproximou de uma aeronave, subiu na asa e começou a bater nas janelas. Cinco minutos depois, ele foi levado sob custódia sem incidentes”, disse a porta-voz do Departamento de Polícia de Atlanta, Stephanie Brown, em comunicado.

O homem foi identificado como Jhryin Jones, de 19 anos, que foi acusado de invasão criminosa, atentado ao pudor e obstrução de agentes da lei, disse Brown.

Um passageiro informou que o homem se aproximou do avião da companhia Delta que havia chegado de Miami, relatou o canal WXIA-TV, afiliado da NBC em Atlanta, acrescentando que os passageiros precisaram segurar a saída de emergência da aeronave para impedir que o homem entrasse.

Autoridades do Aeroporto Internacional Hartsfield-Jackson, o mais movimentado do mundo, disseram em publicação no Twitter que o incidente não afetou as operações do aeroporto.