Hong Kong proíbe voos da Air Índia por precaução da Covid-19

Boeing 777-200LR da Air India. Foto: Autor desconhecido

A companhia aérea indiana de bandeira, Air Índia, foi proibida de realizar voos para a cidade de Hong Kong devido aos novos casos da doença. A decisão foi tomada depois que um dos voos da empresa trouxe 11 passageiros infectados a bordo.

Essa decisão não afetou apenas os futuros passageiros, vários que estavam com voos marcados para voltar a Índia estão sem ter condições de voltar e permanecer no país. 

O Governo de Hong Kong acredita que os testes feitos antes dos voos não são totalmente confiáveis e eficazes. Está é a primeira vez que uma companhia aérea é penalizada por trazer passageiros infectados a bordo.

“O fato de 11 passageiros terem testado positivo no mesmo voo mostra que os testes de laboratório na Índia não são muito confiáveis. A companhia aérea tem que fazer uma limpeza profunda [em seus aviões] e garantir que isso não aconteça novamente em voos futuros antes que eles possam ser retomados.” Disse o Governo.

A suspensão dos voos da empresa teve inicio a partir de hoje (18/08) e valerá até o dia 31 de agosto. O Governo de Hong Kong realizou a proibição com base no Regulamento de Prevenção e Controle de Doenças (Regulamento de Transportes e Viajantes entre Fronteiras).

Esta lei permite que os funcionários impeçam uma aeronave de pousar se acreditarem que os passageiros a bordo contraíram ou foram expostos ao vírus.

 

DEIXE UMA RESPOSTA