Hummingbird drone AeroVironment beija-flor
Foto: AeroVironment

O Hummingbird Nano Air Vehicle (NAV) é uma aeronave ultraleve controlada remotamente e desenvolvida pela AeroVironment sob o programa de desenvolvimento Nano Air Vehicle (NAV), patrocinado pela Defense Advanced Research Projects Agency (DARPA).

O projeto NAV destina-se a desenvolver veículos aéreos avançados para atender aos requisitos operacionais críticos dos militares dos EUA e outras forças armadas. O Hummingbird NAV proposto destina-se a missões internas e externas.

Em 2011, O Hummingbird foi reconhecido pela TIME Magazine como uma das 50 Melhores Invenções daquele ano. 

Continua depois do anúncio

O programa de desenvolvimento NAV está planejado em duas fases. A primeira fase do projeto, de US$ 1,7 milhão, inclui o estudo inicial e o projeto de um novo NAV. O contrato da segunda fase do projeto foi concedido à AeroVironment em maio de 2008, incluindo o projeto e teste do protótipo NAV.

A DAPRA concedeu um contrato de extensão da segunda fase à AeroVironment em junho de 2009. O desenvolvimento dos principais componentes, incluindo sistema de propulsão e controles, foi coberto durante a primeira fase do contrato.

Continua depois do anúncio

O contrato da fase dois inclui a demonstração do NAV de asa oscilante de três polegadas. O desempenho do veículo também é otimizado durante esta fase para alcançar maior resistência de voo. O programa de desenvolvimento da fase dois visa reduzir o peso do NAV.

O Hummingbird foi testado inicialmente em dezembro de 2008 na primeira fase de desenvolvimento, com o demonstrador de conceito final sendo revelado em fevereiro de 2011. O NAV alcançou a a capacidade de planeio desejada com precisão e também completou o voo para frente durante a demonstração.

O drone foi projetado com base no tamanho e características de voo de um beija-flor. O NAV tem um comprimento de cerca de 15 cm e peso de apenas 19 gramas. Tem uma envergadura de 16 cm.

Continua depois do anúncio

O tamanho do drone com formato de beija-flor permite que ele voe em ambientes inacessíveis por seres humanos e outros equipamentos. Ele está equipado para transportar sua própria fonte de energia enquanto voa e é capaz de suportar rajadas de vento de 2,5 metros por segundo
 
O giro e posicionamento é proporcionado por suas próprias asas, de acordo com os comandos do “piloto”. O NAV carrega todo o equipamento necessário para voar, sendo equipado com motores, baterias, controle, sistema de comunicação e uma câmera de vídeo para fins de vigilância e inspeção.
 
Mesmo tão leve e pequeno, o drone beija-flor consegue atingir velocidades de 36 km/h. O veículo destina-se principalmente a missões urbanas, onde o uso de equipamentos de grande porte não é possível, sendo capaz de voar em todas as direções, executando giros no próprio eixo. O Hummingbird destina-se principalmente a missões urbanas, onde o uso de equipamentos de grande porte torna-se inadequado. 
 

O drone pode ser controlado remotamente a uma distância de até um quilômetro. Ele pode ser operado dentro de edifícios, onde ameaças indesejadas estão escondidas.

 
Fonte: Air Force Technology, adaptado por Aeroflap.

Continua depois do anúncio