IATA concluiu nesta semana sua auditoria sobre a segurança operacional da PIA

Foto - PIA/Reprodução

A IATA (International Air Transport Association) concluiu nesta semana, sua auditoria sobre a segurança operacional da Pakistan International Airlines (PIA). Desde a segunda-feira(07/09) uma equipe está inspecionando diariamente a companhia aérea em suas operações.

A equipe que está observando as operações da PIA é composta por dois representantes do Reino Unido, dois da Turquia e outro Europeu ainda não identificada a nacionalidade. Normalmente uma auditoria de segurança operacional ocorre normalmente a cada dois anos.

Entretanto devido ao acidente com um Airbus A320 da companhia nesse ano, e o escândalo interno da empresa com pilotos voando com licenças falsas, fizeram com que a auditoria fosse feita antes do prazo.

“Após o acidente envolvendo o PK8303, iniciamos uma auditoria de verificação de segurança operacional do PIA. Esta é a prática padrão depois que uma companhia aérea passa por um acidente ou outro evento sério”, disse Albert Tjoeng, diretor assistente de comunicações corporativas da IATA.

As inspeções foram feitas nas operações de voos, segurança operacional, proteção, o atendimento aos passageiros e na engenharia da companhia. Os resultados feitos pela comissão ainda não foram divulgados.

É necessário que a PIA passe por todo esse processo, visto que a companhia precisa retomar a confiança das autoridades. A PIA foi impedida de voar no espaço aéreo Europeu e nos EUA depois da revelação de fraude nas licenças dos pilotos, a companhia também foi rebaixada nos quesitos de segurança.

 

DEIXE UMA RESPOSTA