Imagem de satélite mostra maquete em tamanho do caça J-20 em aeroporto nos EUA

Foto de satélite da maquete do J-20- Foto: Google Earth, via The Aviationist

Uma imagem de satélite mostrou uma maquete em tamanho real do caça furtivo chinês J-20 em um aeroporto na Geórgia, EUA. Contudo, não se sabe o real motivo e o uso destinado dessa maquete, mas existem as algumas suposições.

De acordo com o site The Aviationist que conversou com o coronel Emmanuel Haldopoulos, comandante do Savannah Air Dominance Center, de fato é uma réplica em escala real e permaneceu no Air Dominance Center por um curto período durante a semana de 4-6 de dezembro [2018]. O USMC está financiando e direcionando os objetivos de treinamento deste dispositivo […], disse o coronel Emmanuel.

“O modelo inicial de aeronave identificado foi um caça J-20 a ser desenvolvido como prova de conceito, com um plano para desenvolver aeronaves e veículos adicionais de ameaça no futuro”, explicou o TECOM (MarineCorpsTimes).

Ainda de acordo com o TECOM a maquete seria usada para vários testes que seriam feitos em solo.

A ideia de estudar um caça de uma nação que apresenta grande ameaça faz sentido, os USCM usam caças F-35B, que também são furtivos e conhecer o equipamento inimigo pode fazer diferença no cenário de combate.

Maquete de um J-20- Foto: The Aviationist

Vale ressaltar que isso já é feito nos EUA, os USMCs e a USAF tem helicópteros Mi-24, que são de fabricação russa, esses não são maquetes, são verdadeiros e fazem voos com os demais helicópteros do arsenal norte-americano.

Isso mostra que além da Rússia, os EUA se preocupam também com a China no âmbito bélico que essas nações podem usar contra os EUA.


Outro exemplo de colocar essas nações como inimigas, são alguns caças F-16 do 64º Aggressors, que tem esquema de pinturas russos, inclusive com a estrela vermelha. O objetivo desse esquadrão é fazer o papel de confronto simulado com os demais esquadrões da USAF. Veja na imagem abaixo esse F-16 com uma pintura similar do caça russo SU-57.

Nova pintura de um F-16 (64º Aggressor), baseada no SU-57-Foto/Arte: 57th Wing Commander

 

DEIXE UMA RESPOSTA