Foto: ANTHONY WALLACE/AFP via Getty Images)

O coronavírus além de uma preocupação com a saúde de toda a população mundial, ha também a preocupação com a economia no mundo. Muitas empresas aéreas aterraram seus aviões para se readequar a nova realidade de demanda de viagens pelo mundo.

Confira abaixo um pouco de como a pandemia está afetando as empresas.

 

Aeroporto Internacional de Incheon na Coreia do Sul

A Korean Air cortou drasticamente muitas de suas rotas, especialmente no nordeste da Ásia. É necessário aterrar uma série de sua frota no aeroporto central de Seul Incheon (ICN).

Foto de SeongJoon Cho

 

Aeroporto Internacional de Hong Kong, Hong Kong

A Cathay Pacific cortará 96% de sua capacidade de passageiros em abril e maio, deixando muitas aeronaves alinhadas em seu aeroporto principal, o Hong Kong (HKG).

Foto: ANTHONY WALLACE/AFP via Getty Images)

Aeroporto Internacional de Hartsfield-Jackson Atlanta, Estados Unidos

Partes do aeroporto mais movimentado do mundo estão começando a parecer um estacionamento. A Delta Air Lines, com sede em Atlanta, está estacionando mais de 600 de suas 1340 aeronaves, com a expectativa da companhia aérea de voltar com uma frota menor após o coronavírus.

 

Aeroporto de Schiphol, Holanda

A KLM reduzirá sua rede em até 90% nos próximos dias e, em um golpe devastador para a AvGeeks, a companhia aérea irá retirar seus Boeings 747 da frota.

Foto por Geert Vanden Wijngaert / Bloomberg via Getty Images

Aeroporto de Frankfurt, Alemanha

Enquanto os esforços de repatriamento continuam, a Lufthansa está reduzindo sua rede. Durante seu período de cortes de capacidade, continuará servindo destinos selecionados nos EUA e em outros países.

Foto de Vasco Garcia / Getty imagens
Foto de Boris Roessler / via Getty Images

Aeroporto de Viena, Áustria

Após as notícias de que a Austrian Airlines suspenderá totalmente todas as operações entre 18 de março e 28 de março, informações apontaram que a empresa está em processo de levar a maioria de suas aeronaves para Viena (VIE).

 

Aeroporto de Glasgow, Reino Unido

A empresa-mãe da British Airways, International Airlines Group, anunciou na semana passada que está reduzindo a sua capacidade, com as aeronaves estacionadas em muitos aeroportos. Enquanto a frota de longo curso da BA está bastante espalhada no momento – de Heathrow a Cardiff e até Manila – a maioria de seus A321 está em Glasgow.

Foto: Jeff J Mitchell / Getty Images

Aeroporto Internacional de Bandaranaike, Sri Lanka

A SriLankan Airlines tem uma enorme cancelamentos em sua rede. Como tal, está estacionando a maioria de suas aeronaves no Aeroporto Internacional de Bandaranaike (CMB).

https://twitter.com/shehanmlive/status/1241726338953646080?ref_src=twsrc%5Etfw%7Ctwcamp%5Etweetembed%7Ctwterm%5E1241726338953646080&ref_url=https%3A%2F%2Fthepointsguy.com%2Fnews%2Fgrounded-aircraft-around-the-world%2F

É triste a situação que se encontra o mundo e também da aviação, o cenário atual entrou para a história de forma negativa. Ultrapassando crises como a do 11 de setembro e de 2008.

Fonte:  The Point Guy
Texto: Adaptado Aeroflap

 

DEIXE UMA RESPOSTA