O Governo Indiano diminui os impostos incidentes no Querosene para aviação (QAV), de 14% para 11%, como uma forma de incentivar a aviação de baixo custo no país.

O anúncio oficial foi realizado no dia 10 de outubro, pelo Ministério das Finanças da Índia, e já está valendo a partir de hoje. Diferente do Brasil, lá a maior alíquota de impostos incidente no combustível é de ordem federal, enquanto aqui depende do ICMS, uma alíquota estadual.

O movimento é também uma forma de melhorar os lucros das companhias, que estão enfrentando sérias dificuldades financeiras, devido à diferença cambial e ao combustível em sua maioria importado.

A IndiGo, SpiceJet e a Jet Airways reportaram uma abrupta queda nos lucros em 2018, sendo que a Jet Airways registrou prejuízo no último trimestre, sendo que em 2017 a mesma empresa registrou lucro no período relatado.