Sukhoi SU-30MKI- Foto: © Marina Lystseva / TASS

Pela primeira vez, Índia e Japão farão um treinamento conjunto com o uso de aeronaves de caça. O evento está previsto para ocorrer no final deste ano, afirma um portal jornalístico japonês, com a Índia levando seus caças Sukhoi Su-30MKI Flanker-H para treinar contra caças F-15 Eagle e F-2 Viper-Zero da Força Aérea de Autodefesa do Japão (JASDF). 

Segundo o portal Sankei, o exercício estava previsto para ocorrer em junho de 2020, na Base Aérea de Komatsu, mas foi adiado para julho deste ano por conta da pandemia. No entanto, o treinamento foi cancelado novamente, desta vez por causa da Variante Delta do Novo Coronavírus. Agora, as duas forças deverão treinar juntas ainda este ano, mas uma data para o evento ainda não foi revelada. 

Caças F-15DJ da JASDF.

Apesar da IAF e JASDF terem treinado juntas no passado com aeronaves de transporte Kawasaki C-2, C-130 Hercules e C-17 Globemaster III, esta oportunidade marca a primeira vez que um exercício entre os dois países terá a presença de aviões de caça. A Índia pretende empregar seis dos seus caças Su-30MKI, similares às aeronaves da Família Flanker que a China tem em sua frota, como o Su-30MKK, J-16, J-11 e outros. A China representa uma grande ameaça para os dois países. 

O portal também destaca que o exercício conjunto com uso de caças está “no mais alto nível de treinamento” pois permite um alto grau de comunicação entre os pilotos das nações parceiras, mas pode levar a acidentes caso não haja confiança entre os militares. A JASDF só treinou sua aviação de caça com os Estados Unidos, Austrália e Inglaterra. 

A JASDF possui cerca de 200 caças F-15J/DJ Eagle em serviço, operando junto de 88 F-2A/B e cerca de 20 jatos stealth F-35. Já a Índia tem 250 Su-30MKI, 130 jatos de ataque Jaguar modernizados, 132 caças MiG-21 Bison, 65 MiG-29 Fulcrum, 45 Mirage 2000H/I, 24 Rafale DH/EH e outros 45 caças MiG-29K/KUB da sua Aviação Naval. 

DEIXE UMA RESPOSTA