Foto - Sputnik/Sergey Pivovarov

A Força Aérea da índia está interessada em adquirir 21 caças do modelo MiG-29 desativados pela Rússia, tal medida está ligada a crescente desativação de esquadrões de caça no país asiático.

A decisão de adquirir os caças russos vem em meio a aquisição do caça francês Rafale, que integrará em um futuro próximo a poderosa Força Aérea Indiana (IAF).

A Índia fez um estudo e optou por fazer um upgrade nos caças, para adequá-los aos padrões mais atuais de aeronaves de combate.

Outra decisão em comprar mais caças está ligada obviamente à defesa do país, principalmente devido aos vizinhos China e Paquistão, que não tem relações diplomáticas positivas com a Índia.

Além dos 36 caças Rafales encomendados, e dos 21 MiG-29 que serão adquiridos, a Força Aérea Indiana está adquirindo o caça HAL Tejas, de fabricação indiana. Ao todo serão 40 caças Tejas, já com a versão melhorada, Mark-II.

A Rússia não divulgou o valor da venda dos caças, mas afirmou que fez um negócio justo.

Fora os caças acima mencionados, a IAF também tem mais de 200 aeronaves Sukhoi SU-30MKI, e está pensando em comprar mais unidades do Sukhoi.