Boeing P-8I da Índia. Foto: Boeing.

O Governo da Índia recebeu aprovação do Departamento de Estado dos EUA para a aquisição de seis aeronaves de patrulha marítima Boeing P-8I Poseideon, além de equipamentos e serviços relacionados. A possível aquisição é avaliada em US$ 2.42 bilhões. 

Segundo o informe da DSCA (Agência de Cooperação de Segurança e Defesa), além dos aviões, a Índia solicitou autorização para o fornecimento de sistemas de comunicação, navegação, sensores de aproximação de mísseis, softwares de missão, treinamento de pessoal, suporte técnico e logístico, instrumentos de reparo e reposição e demais itens. 

A Marinha Indiana adquiriu seus primeiros oito P-8I em 2009, marcando também a primeira exportação do modelo. A primeira unidade foi recebida em 2013, com mais quatro sendo adquiridas em 2016. As aeronaves substituíram Tupolev Tu-142, versão de patrulha marítima do bombardeiro soviético Tu-95 Bear.

Boeing P-8I Foto: Boeing

Segundo o órgão americano, essa possível aquisição permitirá à Marinha Indiana expandir sua capacidade de aeronaves de vigilância marítima pelos próximos 30 anos. 

Além dos Estados Unidos e da Índia, o P-8 está em serviço na Austrália e Reino Unido e já foi adquirido pela Nova Zelândia, Coreia do Sul e Noruega. Em março, os EUA também aprovaram a venda de cinco Poseidon para a Alemanha, que busca um substituto para seus Lockheed P-3 Orion.