Infraero e Prefeitura firmam contrato para serviços no Aeroporto de Divinópolis

O Aeroporto Brigadeiro Cabral, em Divinópolis/MG, recebeu 43 aeronaves nesta terça-feira. Torcedores decolaram de países como Estados Unidos, México, Suiça, e de outros estados brasileiros, vindo para Divinópolis. O motivo é que o espaço aéreo em Belo Horizonte foi fechado no dia do jogo da seleção na Copa. Data: 08/07/2014

A Infraero firmou contrato com a Prefeitura Municipal de Divinópolis (MG) para a execução de diversos serviços no Aeroporto Brigadeiro Antônio Cabral que vão garantir o desenvolvimento e a retomada das operações de voos regulares no terminal mineiro.  

Os trabalhos envolverão, entre outros, serviços técnicos de engenharia e meio ambiente, implantação de um sistema de gerenciamento de sinalização horizontal, reparos no sistema elétrico de emergência, elaboração de projeto básico para reforma, implantação de edificação para administração e Estação Prestadora de Serviço de Telecomunicações e de Tráfego Aéreo (EPTA).

Além disso, estão previstas as elaborações do Plano Básico de Zona de Proteção de Aeródromo e do Plano Básico de Zoneamento de Ruído.

“A Infraero possui equipe capacitada, treinada e experiente para realização dos serviços com disponibilidade de pessoal em todas as regiões do país”, garante o Superintendente de Gestão da Manutenção, Ricardo Miranda de Oliveira.

O superintendente do aeroporto, Israel da Silva, comenta a importância dos serviços a serem realizados.

“Esse plano de melhorias para o Aeroporto Brigadeiro Antônio Cabral foi possível graças aos recursos disponibilizados pelo Ministério da Infraestrutura, conforme termo de compromisso assinado entre o município e a União”, afirmou.

Os serviços que serão executados são fundamentais para a retomada das operações de voos comerciais em uma das regiões mais ricas de Minas Gerais, que se destaca, principalmente, pelas indústrias dos setores de calçados, cultivo de grãos e pecuária.


Desde junho do ano passado, a Infraero é responsável pela gestão do aeroporto mineiro, por meio de contrato com a Prefeitura, incluindo a gestão de serviços relacionados com a operação de voos, como a disponibilização de Agentes de Proteção de Aviação Civil (APAC).

Desde então, a Infraero já realizou uma série de adequações no terminal, conforme o previsto no contrato de gestão, e faz um acompanhamento contínuo para identificação de oportunidades de novas melhorias.

 

DEIXE UMA RESPOSTA