O Comitê de Aviação Interestadual da Rússia anunciou que está perto de lançar um relatório preliminar, sobre o acidente com um Sukhoi Superjet 100 da Aeroflot, que ocorreu no mês passado (maio).

Esse avanço foi possível pois os investigadores conseguiram reconstruir o acidente em simulador, através de dados das duas caixas-pretas, informações de câmeras do aeroporto e também sinais de GPS.

Uma “reconstrução de voo completa” foi apresentada ao Ministério do Transporte russo após a sincronização das gravações da cabine de comando, e das comunicações ar-terra com os serviços de tráfego aéreo de Moscou.

O comitê ressalta que o relatório preliminar – com mais de 100 páginas, e previsto para ser publicado após a revisão final – não incluirá uma conclusão sobre as causas do acidente, que resultou em 41 mortes.

Apesar disso, o relatório já trás algumas recomendações, a primeira foi anunciada nesta semana, quando uma revisão geral de aeronaves SSJ100 foi solicitada pelo governo russo.

A comissão técnica envolvida no relatório inclui especialistas do Comitê de Aviação Interestadual, bem como representantes da Aeroflot, da Sukhoi Civil Aircraft e do regulador federal Rosaviatsia.

 

Via – FlightGlobal