Praia Viagens
Foto: Divulgação

“Sombra e água fresca” com uma vista para águas de um azul quase transparente. Isso sem contar os pés na areia branca praiana levemente aquecida pelo sol. Se esta é a sua definição de descanso e “recarga de baterias”, saiba que você não é o único. No ano passado, destinos de sol e praia, que reúnem o tripé água, sol e calor, motivaram as viagens à lazer de cinco a cada 10 brasileiros (49%).

Este segmento é o principal motivador de viagens no país, principalmente para moradores das regiões Nordeste (55%) e Sul (49%).

Como grande impulsionador destes números, o Brasil possui vários destinos de tirar o fôlego! Não à toa figura recorrentemente em listas internacionais como detentor das mais belas praias do mundo.

Com lugar cativo no prêmio Travelers´ Choice, do site TripAdvisor, por exemplo, neste ano, o Brasil emplacou três no ranking de melhores praias: Quarta Praia, em Morro de São Paulo (BA); Baia do Sancho, em Fernando de Noronha (PE); e a Praia de Pipa, em Tibau do Sul (RN).

Outra praia brasileira famosa, inclusive no exterior, é a de Grumari, na Zona Oeste do Rio de Janeiro (RJ) e que, neste ano, figurou a lista das 50 melhores do mundo para se visitar durante as férias de verão, segundo o site Big 7 Travel, especializado em turismo e gastronomia.

Ainda na capital Fluminense, a Praia de Copacabana, tema de canções e cenário de filmes, também merece destaque como um dos principais cartões-postais do Brasil.

Isso sem contar as lagoas dos Lençóis Maranhenses, em Barreinhas (MA), e as belezas de dupla dinâmica baiana: Trancoso, com destaque para a praia do Espelho, e Caraíva (BA), que divide turistas entre mar e rio.

Ainda no Nordeste, figurinhas carimbadas são a Praia do Toque, em São Miguel dos Milagres (AL) e a Praia dos Carneiros, em Tamandaré (PE).

Mais ao Sul é preciso destacar a paradisíaca Ilha do Campeche, em Florianópolis (SC), e a Praia do Cassino, entre as cidades de Rio Grande e Santa Vitória do Palmar (RS) – a mais extensa do mundo com mais de 200 km.

No Norte do país também é possível encontrar representantes de peso do segmento sol e praia. A praia Marudá, em Marapanin (PA), por exemplo, é uma ótima opção para quem busca um banho de mar ou prática de esportes aquáticos.

Como opção, há ainda a Praia do Atalaia, em Salinópolis (PA), famosa por permitir o trânsito de carros e, claro, a Praia de Algodoal, em Maracanã, também no Pará.

O fato é que seja para caminhar na orla, saborear frutos do mar, se refrescar na água do mar, praticar esportes ou apenas tomar sol e se maravilhar com a beleza e força do mar, o Brasil possui excelentes opções de Norte a Sul! O que é comprovado, inclusive, por turistas internacionais.

Isso porque, destinos de sol e praia são a principal motivação também para estrangeiros em visita ao Brasil e, em 2019, antes da pandemia, representaram 65% das viagens a lazer. O dado consta no Anuário Estatístico de Turismo 2021, do Ministério do Turismo.

VIAGENS A LAZER – Além de destinos de sol e praia, atividades turísticas que utilizam o patrimônio natural e as belas paisagens como atrativos (natureza, ecoturismo e aventura) também representam uma parcela importante das viagens à lazer (25,6%), seguidas de atividades relacionadas à cultura e gastronomia (16%).

Os dados que indicam as preferências e motivações de viagens são da PNAD Contínua Turismo 2020-2021, uma parceria entre o Ministério do Turismo e o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgada neste mês de julho. Saiba mais AQUI.

 

 

Via: Ministério do Turismo