Itapemirim ITA
Foto: Gabriel Melo/Aeroflap

A Itapemirim Transportes Aéreos informou hoje (20/12) que desde a noite da última sexta-feira (17) até o dia 31 de dezembro, um total de 45.887 passageiros foram impactados com a suspensão temporária das operações da companhia aérea.

A ITA tem trabalhado arduamente para promover a reacomodação ou reembolso dos valores pagos. Até a manhã desta segunda-feira (20), 24.995 passageiros, o equivalente a 54% do total, já foram atendidos.

Para dar agilidade ao processo, a ITA desenvolveu uma nova solução em seu site para facilitar os pedidos de reembolso. Basta clicar na aba Reembolso, localizado no menu superior, e preencher o formulário e enviar. Todos os pedidos serão tratados individualmente com prazo de pagamento em até 30 dias.

Além disso, o atendimento pode ser feito pelo telefone 0800 723 2121 e pelo chat presente no site da companhia (Clique Aqui para acessar). O horário de atendimento é das 6h às 21h.

“A Itapemirim alerta que, devido à alta demanda, pode haver uma demora acima do esperado para o atendimento. A companhia orienta os passageiros que não tentem realizar check-in online e não compareçam aos aeroportos antes de contatar a empresa aérea.”

Para aumentar as possibilidades de reacomodação, o Grupo Itapemirim também está utilizando a sua empresa de transporte rodoviário, a Viação Itapemirim, como parte do plano de contingência para a reacomodação dos passageiros por via terrestre.

Reforçamos que o Grupo Itapemirim orienta que apenas os clientes que estejam fora de seu domicílio, e que tenham viajado anteriormente com a ITA, entrem em contato nos canais de atendimento da companhia, exclusivamente para reacomodação de retorno aos seus destinos de origem.

Clientes que ainda estejam em sua cidade de domicílio, com voos programados a partir de hoje, serão atendidos exclusivamente com o reembolso integral dos valores pagos.

Mais uma vez, lamentamos os transtornos causados. A ITA reafirma seu compromisso de prestar toda assistência aos passageiros, conforme prevê a resolução 400 da ANAC. A companhia trabalha neste momento em sua reestruturação para a retomada de suas operações o mais breve possível.

 

DEIXE UMA RESPOSTA