Alitalia Itália
Foto - Alitalia

O Governo Italiano emitiu uma nota neste final de semana proibindo voos e passageiros que chegam a partir do Brasil. O país é o segundo a tomar esse tipo de atitude, após o Reino Unido implementar uma proibição de voos partindo do Brasil.

Ao mesmo tempo, o governo italiano está implementando uma quarentena de 14 dias para passageiros que chegam do Brasil. Isso significa que, se um passageiro brasileiro, saindo do Brasil, desejar entrar na Itália, este deverá ficar 14 dias antes em um país sem restrições de entrada por parte do Governo Italiano.

Uma medida semelhante estava sendo implementada recentemente pelo Reino Unido, que decidiu fechar totalmente as suas fronteiras para diversos países, com finalidade de conter uma nova variante do SARS-CoV-2 identificada no sul do país.

O Ministro de Saúde da Itália, Roberto Speranza, falou sobre as medidas previstas pela Portaria de 16 de janeiro para combater a nova variante do SARS-CoV-2 identificada no Brasil.

“Assinei uma nova portaria que bloqueia voos que saem do Brasil e proíbe a entrada na Itália de quem passou por lá nos últimos 14 dias. Quem já está na Itália, vindo daquele território, é obrigado a fazer um cotonete contactando os departamentos de prevenção. É essencial que os nossos cientistas possam estudar a fundo a nova variante. Entretanto escolhemos o caminho da máxima prudência ”.

A Alitalia, por sua vez, cancelará o voo entre São Paulo e Roma, que estava sendo operado uma vez por semana entre os dois países.

 

Via: Ministério da Saúde da Itália

DEIXE UMA RESPOSTA