Itapemirim ITA Airbus A319
Foto: Autor Desconhecido

O próximo avião da Itapemirim Transportes Aéreos, um Airbus A319 que no Brasil operará com a matrícula PS-SIL, ganhou nesta semana a autorização da ANAC para traslado entre Beja e o Rio de Janeiro (Aeroporto do Galeão) até o dia 24 de novembro.

Curiosamente este Airbus A319 têm quatro janelas de emergência acima das asas, ao contrário da configuração comum da aeronave, com duas janelas. Será o primeiro avião com este opcional de fábrica que operará no Brasil.

As quatro saídas permitem que a aeronave tenha em seu interior uma configuração superior a 145 assentos, limite técnico para aviões deste porte com duas janelas sobre as asas, como o 737-300, 737-700 e Airbus A319. No padrão da Hi Fly Malta, a aeronave voa com 150 assentos em seu interior.

 

No Brasil o avião ganhará a configuração da Itapemirim, provavelmente com 132 assentos. Os últimos aviões entregues ganharam a pintura da Itapemirim no exterior, e provavelmente a companhia continuará com a mesma filosofia de trazer os aviões para o Brasil já com as suas cores.

Configuração “mais confortável” permite maior espaço para as pernas na Itapemirim.

Como esta aeronave, a Itapemirim completará 7 aviões na frota. Com mais dois aviões disponíveis em novembro a companhia ganha tração para lançar as novas rotas de alta temporada, os mais de 80 voos entre Brasil e Uruguai em poucos dias no próximo mês, voos entre Congonhas e o Aeroporto do Galeão, e fretamentos turísticos entre Brasília e Maceió em dezembro. 

A Itapemirim tem a meta de chegar ao fim de 2021 com 10 aeronaves ativas na sua frota. Atualmente conhecemos somente dois aviões que estão sendo preparados para a entrada na frota, um Airbus A319 que operará no Brasil com a matrícula PS-JCP, e um A320 que operará com a matrícula PS-CHM.

 

DEIXE UMA RESPOSTA