Itapemirim compra empresa de táxi aéreo para agilizar início das operações

Itapemirim

A Itapemirim, depois de lançar o seu site neste fim de semana, comprou as operações da América do Sul Taxi Aéreo.

A ASTA é conhecida por suas operações de táxi aéreo e com o serviço de voos ultra-regionais.

Com essa aquisição, a Itapemirim terá acesso antecipado à várias aprovações na ANAC, como os RBAC 135 e 121, facilitando o processo de certificação de uma companhia aérea de voos regulares.

Apesar da América do Sul Taxi Aéreo operar com o Grand Caravan, a Itapemirim quer iniciar suas operações com aviões a jato (Clique Aqui para ver mais sobre isso).

A ASTA Linhas Aéreas continua operando voos ultra-regionais e independente da Itapemirim, utilizando os seus aviões Cessna Grand Caravan. 

A ASTA opera voos regionais com o Grand Caravan, como a TwoFlex, comprada pela Azul. Foto – Asta Linhas Aéreas

A companhia ultra-regional também é parceira da Azul em voos no Mato Grosso, atendendo até 13 cidades.

O processo de compra foi confirmado pelo Grupo Asta, porém não confirmado no momento pela Itapemirim.


Os leitores do Portal Aeroflap também relataram ao longo do final de semana que o site da companhia já está criado (acesse em www.voeita.com.br) e nos últimos dias a Itapemirim estava testando sua nova plataforma online.

Apesar de agilizar o processo, não há garantias sobre o início das operações ainda em 2020. Provavelmente a ITA deverá iniciar as suas atividades em 2021.

 

Em nota oficial ao Portal Aeroflap o Grupo Asta disse:

O Grupo Asta (Holding) esclarece que a empresa vendida para a Itapemirim foi a América do Sul Taxi Aéreo e não a ASTA Linhas Aéreas.

A Itapemirim, por contrato, não pode utilizar o nome ASTA, somente América do Sul Taxi Aéreo.

A companhia reforça, ainda, que as aeronaves Cessna Grand Caravan são de propriedade do Grupo ASTA e atendiam as duas empresas, sendo que, após a venda, passaram a operar apenas na ASTA Linhas Aéreas.

 

DEIXE UMA RESPOSTA