Foto: Itapemirim

A Itapemirim Transportes Aéreos acabou de nascer, e já ganhou uma divisão de cargas. A divulgação foi realizada através do Gerente de Operações comerciais e de cargas, Moisés Paes.

A criação de uma divisão de cargas já estava nos planos da Itapemirim. Atualmente todas as companhias aéreas brasileiras aproveitam os porões de suas aeronaves para o transporte de cargas durante o voo.

Além disso, a divisão de cargas pode ajudar a Itapemirim a complementar a receita dos voos de passageiros da companhia. O Grupo já tem uma divisão ativa para o transporte de cargas, a Itapemirim Express, no entanto, utilizando empresas terceirizadas e as rotas de ônibus.

Em sua estreia no mercado aéreo doméstico, a companhia diz que vai estar presente em oito cidades brasileiras, são elas: Belo Horizonte-Confins (MG); Brasília (DF); Curitiba (PR); Porto Alegre (RS); Porto Seguro (BA); Rio de Janeiro-Galeão (RJ); Salvador (BA) e São Paulo-Guarulhos (SP).

A meta é operar em 35 cidades até meados de 2022 com 50 aviões na frota, de acordo com Sidnei Piva, presidente do Grupo.

 

Confira abaixo a nossa recente entrevista com Sidnei Piva, presidente do Grupo Itapemirim: