F-35A da JASDF ( Força de Auto Defesa do Japão Foto: JASDF

A Força de Auto Defesa do Japão (JADF), acredita que a queda do F-35A em abril tenha sido por desorientação do piloto.

Um relatório da Reuters cita o ministro da Defesa, Takeshi Iwaya, dizendo que “é muito provável que o piloto esteja sofrendo de vertigem ou desorientação espacial e não tenha conhecimento de sua condição”.

Na semana passada o governo japonês decidiu por cancelar as buscas aos destroços do caça. No dia 7 de junho a impressa local citou Iwaya (Ministro da Defesa) dizendo que os restos mortais do piloto haviam sido recuperados.

Apesar do ocorrido o Japão ainda está muito interessado no caça F-35A, tanto que vai encomendar e produzir 105 exemplares do caça stealth, se tornando assim a nação com mais números deste modelo depois dos EUA.