Japão diz que planeja construir um caça de sexta geração

Conceito do futuro caça japonês FX- Foto: Via Internet

O Governo do Japão anunciou que tem planos de construir um caça furtivo muito tecnológico.

De acordo com o Ministério da Defesa do Japão, o caça será de sexta geração é sua produção terá início em 2031. Os futuros caças vão substituir a frota de caças F-2 (F-16 modificado pelos japoneses).

O programa do caça é conhecido como FX e mais de US$ 261 milhões do orçamento bélico japonês de 2020 foi reservado para o projeto do caça futurístico.

De acordo com a publicação da CNN com base nos dados da Agência de Aquisição, Logística e Tecnologia do Japão (ALTA), algumas características do caça será:

– capacidade de sincronizar alvos de mísseis entre várias aeronaves, conhecidas como controle de fogo integrado ou tiro em rede;

– baias de armas internas, como as vistas nos jatos furtivos americanos do F-22;

– o uso de bicos de vetor de empuxo, dispositivos que usam o empuxo do motor para girar mais bruscamente.


Vale lembrar que os EUA autorizaram a venda de 105 caças furtivos F-35 para o Japão. O país já opera algumas unidades do caça da Lockheed Martin, se a venda ocorrer de fato o Japão será a nação com mais unidades deste caça depois dos EUA.

A JASDF (Força de Auto Defesa) tem como caças de ponta de lança os caças F-2 que chegam a quase 100 unidades, e o F-15J, uma versão do F-15 exclusiva para os japoneses, além de alguns F-35A acima já mencionados.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA