Caças F-15K Slam Eagle da Força Aérea Sul-Coreana.

A USAF (Força Aérea Americana) informou na última terça-feira (11) que militares da Força Aérea Sul-Coreana (ROKAF) e da Força Aérea de Autodefesa do Japão (JASDF) participarão do exercício Red Flag-Alaska 21-2. 

O evento será realizado entre os dias 10 e 25 de junho, com a maioria das aeronaves operando a partir da Base Aérea de Eielson e da Base Conjunta de Elmendorf-Richardson, no Alasca. 

“Além dos Estados Unidos, membros da Koku-Jietai (Força Aérea de Autodefesa Japonesa) e da Força Aérea da República da Coréia estão programados para participar, permitindo a troca de táticas, técnicas e procedimentos enquanto melhora a interoperabilidade com outros militares”, diz a USAF em comunicado, sem citar possíveis aeronaves que os dois aliados poderiam enviar para o treinamento. 

Caça F-2 Viper-Zero da JASDF

Espera-se que aproximadamente 1500 militares participem do exercício que terá mais 100 aeronaves e 20 unidades. Os exercícios Red Flag-Alaska, patrocinados pelo Comando das Forças Aéreas do Pacífico, oferecem oportunidades únicas para integrar várias forças em um ambiente de ameaça realista e remontam a 1975, quando foram realizados na Base Aérea de Clark, nas Filipinas, na época chamados de COPE THUNDER.

Um F-35A do 388th Fighter Squadron da Base Aérea de Hill na ala de um F-16C do 18th Aggressor Squadron da Base Aérea de Eielson. Os caças estão sobrevoando o Parque Nacional de Denali, Alasca. Foto: Tech. Sgt. Jerilyn Quintanilla/USAF.