Japão escolhe Mitsubishi Heavy para liderar o desenvolvimento de novo caça a jato stealth

Foto/Arte: Conceito do futuro caça japonês

(Reuters) – O Japão disse na sexta-feira que escolheu a Mitsubishi Heavy Industries (MHI) para liderar o desenvolvimento de um novo jato de caça stealth que o Japão deseja estar operacional em meados da década de 2030 para combater aeronaves chinesas avançadas.

“Concedemos o contrato principal à Mitsubishi Heavy”, disse um porta-voz do Ministério da Defesa.

A decisão era esperada porque a MHI é a única fabricante de caças a jato do Japão e nenhuma outra empresa ofereceu o contrato. Outros fornecedores e parceiros provavelmente serão identificados até o final do ano.

F-35A da JASDF ( Força de Auto Defesa do Japão Foto: JASDF
 

Em sua solicitação de orçamento para o ano que vem, o ministério da defesa do Japão pediu cerca de US $ 730 milhões para financiar a pesquisa e o desenvolvimento do caça a jato proposto, conhecido como FX ou F-3.

A força aérea do Japão voa cerca de 200 jatos Boeing F-15 e está substituindo esquadrões de caças F-4 com décadas de idade por F-35s. O novo avião sucederá o F-2, um derivado do F-16 Fighting Falcon desenvolvido em conjunto pela MHI e a Lockheed Martin há mais de duas décadas.

DEIXE UMA RESPOSTA