ANA Japão Covid-19
Foto: G B_NZ

Em uma tentativa de frear a disseminação do vírus da Covid-19, o governo do Japão implementou uma limitação para passageiros estrangeiros. Agora o Japão impôs o limite de 100 passageiros por voo, nas aeronaves que chegarem ao país.

O pedido do governo as companhias aéreas tem o proposito de evitar que a nova variante do Covid-19 se espalhe pelo país. O Japão também aplicou um limite para as companhias locais, por semana cerca de 3.400 passageiros podem chegar ao país.

“Todos os cidadãos japoneses e estrangeiros […] são obrigados a fazer a quarentena por 3 dias em um local designado pelo chefe da estação de quarentena (somente nas acomodações reservadas pelo escritório de quarentena) até novo aviso.” Disse o governo japonês.

Em reposta a nova regra, a Japan Airlines(JAL) e a All Nippon Airways(ANA) não estão aceitando novas reservas até pelo menos o dia 21 de março, quando tem a previsão de encerrar a nova medida. A JAL informou ainda que a sua suspensão poderá durar até o fim do mês de março.

Ainda não foi divulgado uma estimativa de impacto nas companhias aéreas, as novas medidas são mais rigorosas do que as implementadas em abril de 2020. Algo semelhante ocorreu na Austrália, onde as companhias aéreas suspenderam por algumas semanas a venda de bilhetes internacionais. 

Com o limite de 100 passageiros por voo, provavelmente as companhias aéreas estrangeiras devem apostar nos voos de cargas para manter a rentabilidade da rota para o Japão.