Foto - Boeing

A Jet Airways já acumula 28 aviões da sua frota paralisados, por falta de pagamento da parcela do arrendamento das aeronaves. Mais 3 aviões foram retirados de operação entre quinta e sexta.

Novamente a empresa não identificou quais são as empresas envolvidas, não é possível saber se os aviões serão voluntariamente devolvidos aos lessores, ou se estão sujeitos a ordens de reintegração de posse.

A única empresa de leasing que confirmou ter envolvimento com essa situação é a FLY Leasing, que aluga três aviões 737-800 para a Jet Airways, e que estão paralisados neste momento por inadimplência.

A empresa também disse que planeja retomar a posse dos aviões, caso o pagamento das parcelas do arrendamento não seja regularizado até o fim deste mês.

A GECAS, BOC Aviation e MC Aviation Partners, responsáveis por mais de 75% da frota alugada pela companhia, não se manifestaram.

De acordo com fontes, a companhia está com 3 aeronaves estocadas nos Estados Unidos, na unidade Boeing Field, que entrariam na frota da companhia, mas até o momento estão aguardando um novo cliente.

A mídia indiana indica que a companhia tem mais aviões estocados, mas por outros motivos. As fontes afirmaram que estas aeronaves estão fora de operação por falta de manutenção. 

Ao todo mais de 100 aviões da Jet Airways são alugados, através de contratos com a GECAS, Aircastle e BOC Aviation. A frota operacional da empresa é de 72 aeronaves, anteriormente ela chegou a operar com cerca de 120 aviões.

DEIXE UMA RESPOSTA