Spirit

Nesta tarde de terça-feira (05/04) a JetBlue lançou uma nova na imprensa relatando que colocou uma proposta para comprar a Spirit Airlines.

A oferta da aérea fundada por David Neeleman é de US$ 33 por ação da Spirit Airlines, um valor 37% superior ao valor proposto por cada ação pela Frontier em fevereiro. O valor total da compra é de aproximadamente US$ 3,6 bilhões.

De acordo com a JetBlue, a proposta de comprar integralmente a Spirit é criar uma forte companhia aérea de baixo custo nos Estados Unidos, capaz até mesmo de brigar com as quatro grandes. Se a Frontier fechar a fusão com a Spirit, esta seria a 5ª maior companhia aérea dos EUA, na frente da JetBlue que está atualmente nesta colocação.

As duas companhias aéreas atuam no ramo Ultra Low Cost, com passagens de baixíssimo custo ao estilo Ryanair. Outras aéreas, como a Southwest, oferecem maior conforto a bordo e preços maiores na comparação com a Frontier e a Spirit.

“A combinação da JetBlue e da Spirit – juntamente com os incríveis benefícios da nossa Northeast Alliance com a American Airlines – seria um divisor de águas em nossa capacidade de entregar valor superior em escala nacional para clientes, tripulantes, comunidades e acionistas”, disse Robin Hayes, CEO da JetBlue na terça-feira. “A transação aceleraria nosso crescimento estratégico e criaria valor sustentado e de longo prazo para as partes interessadas em ambas as empresas”.

JetBlue
Foto: JetBlue/Reprodução

Agora os acionistas da Spirit terão que analisar a proposta da JetBlue, e decidirem se fecham com a Frontier ou a aérea fundada por Neeleman. Devemos considerar que a JetBlue propõe realmente uma compra total das ações, enquanto a Frontier propõe uma fusão, onde a Spirit teria 49% das ações do grupo resultante.

Nenhum voto dos acionistas da JetBlue é necessário para concluir a transação proposta, que não estará sujeita a contingência de financiamento.  Desta forma, a companhia diz que depende somente da aprovação da Spirit Airlines e dos órgãos regulamentadores.

Para garantir o pagamento, a JetBlue disse que tem aproximadamente US$ 2,8 bilhões de caixa disponível atualmente, e uma variedade de ativos não onerados disponíveis para colocar em garantia num financiamento, no valor total de aproximadamente US$ 9 bilhões.

A companhia aérea combinada deverá ter receitas anuais de aproximadamente US$ 11,9 bilhões com base nas receitas de 2019.