(REUTERS) – Um tribunal decidiu nesta segunda-feira a favor de várias empresas de leasing, garantindo a elas direito de retomada de 15 aviões operados pela Avianca Brasil, que está em recuperação judicial desde dezembro.

O grupo de empresas de leasing inclui a Aircastle e a Aviation Capital Group, que até o início deste ano tinham contrato com a Avianca Brasil envolvendo 18 aviões. A GECAS não foi citada na decisão de hoje, mas a empresa tenta desde dezembro retirar aviões da Avianca Brasil.

A Avianca Brasil não comentou o assunto.

Na semana passada, credores aprovaram plano para venda de ativos da Avianca Brasil, mas o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) manifestou preocupações sobre o impacto do negócio na concorrência.