Justiça da Índia solicita que Air India pague pilotos que foram demitidos

O Supremo Tribunal de Delhi solicitou a Air India que realize os pagamentos para os pilotos que foram demitidos devido a crise do Covid-19. Ao todo foram demitidos 61 pilotos, contrariando o que a própria companhia aérea, que disse anteriormente que não iria demitir nenhum de seus funcionários.

Com base nessa afirmação que o Supremo solicita que a companhia tente chegar a um acordo pacificamente com os pilotos. Os advogados dos pilotos exigem o pagamento integral dos salários a partir de 1º de abril ou recontratar os pilotos, entretanto a companhia disse que atravessa um momento delicado. 

Há uma nova audiência marcada para o dia 16 de dezembro, o tribunal pede que a companhia considere um acordo. O Tribunal entende que a companhia não atravessa um bom momento porém também observa o lado dos pilotos que foram demitidos também em meio a crise. 

O mês de dezembro será importante para a Air India, pois até o dia 14 de dezembro, está aberta as licitações para arrematar a companhia. O novo grupo de investimentos poderá realizar toda a reformulação da companhia aérea, que a anos enfrenta pouco lucro e o aumento significativo das dividas.  

DEIXE UMA RESPOSTA