O fim de ano se aproxima e chegamos no momento ideal para planejar viagens e comprar passagens aéreas para destinos estrangeiros.

O levantamento realizado pelo KAYAK mostra os destinos mais buscados em 2018 para a Virada 2019 e compara os preços das passagens em setembro e em novembro, revelando que a compra de passagens para destinos internacionais com antecedência pode poupar os viajantes em até 31%.

Variação média de preços de passagens para os destinos internacionais mais buscados pelos brasileiros para o Ano Novo 2019

Destino

 Setembro 

Novembro

Aumento

1. Miami

 R$   5,346.37

 R$   5,836.36

9%

2. Orlando

 R$   5,334.63

 R$   6,477.70

21%

3. Buenos Aires

 R$   1,850.87

 R$   2,257.15

22%

4. New York

 R$   5,982.79

 R$   7,083.59

18%

5. Santiago

 R$   2,075.18

 R$   2,726.68

31%

6. Cancún

 R$   4,690.98

 R$   6,067.14

29%

7. Madrid

 R$   4,732.74

 R$   5,353.45

13%

 

“Podemos observar uma clara diferença de preços quando as passagens são compradas com antecedência. Quando o viajante se planeja, ele consegue economizar com a passagem e investir em outras atividades durante a viagem”, afirma Eduardo Fleury, Líder de Operações do KAYAK no Brasil.

Além disso, o levantamento do KAYAK também compara os destinos internacionais mais procurados pelos viajantes para o Ano Novo 2019 e 2020.

Destinos internacionais mais buscados pelos brasileiros para o ano novo

Ano Novo 2019

Ano Novo 2020

1. Miami

1. Miami

2. Orlando

2. Orlando

3. Lisboa

3. Lisboa

4. Nova York

4. Buenos Aires

5. Buenos Aires

5. Nova York

6. Paris

6. Santiago

7. Cancun

7. Paris

8. Santiago

8. Cancun

9. Madri

9. Madri

10. Los Angeles

10. Londres

 

Miami, Orlando e Lisboa se mantém na liderança dos mais buscados.

“Lisboa vem crescendo em buscas há algum tempo e para o Ano Novo aparece novamente na frente de Nova York, um destino tradicionalmente querido pelos brasileiros. Além disso, também é possível observar o crescimento de destinos latino-americanos como Buenos Aires e Santiago, que aparecem na frente de tradicionais destinos europeus. Como o preço da passagem é apenas um dos custos da viagem e como tivemos uma recente alta do dólar, faz sentido que o viajante procure destinos na América Latina e Portugal, que apresentam um custo do dia a dia mais em conta”, completa Eduardo Fleury.